Translate

terça, abril 24, 2018

                                                                                               

 BREAKING DOWN WALLS!

 

Erasmus+ Strategic Partnership

 

2017-1-PT01-KA219-035972

 

O Agrupamento de Escolas de Santo André congratula-se com a aprovação de mais um projeto Erasmus+. A parceria estratégica entre escolas intitulada Breaking Down Walls tem parceiros de Itália, Turquia, França (Reunião), Alemanha e Letónia, sendo Portugal (AESA) o país coordenador do projeto, que decorrerá entre 2017 e 2019.

 

 


 

 CONTEXTUALIZAÇÃO

 O projeto foi criado a partir dos seguintes problemas identificados pelos parceiros envolvidos:

 

  • Um Mundo em movimento e criador de muros
  • Uma sociedade que necessita de se adaptar a novas realidades sociais e políticas
  • Uma Escola que deve ser encarada como um local onde se pratica a Democracia, Aceitação e Tolerância.

 

Nos últimos anos temos assistido a grandes mudanças políticas e sociais. Em vez de valores como Liberdade, Igualdade e Diversidade, temos assistido à construção de muros, não apenas físicos, mas essencialmente muros dentro do Coração Humano.

 

A Europa está a atravessar uma crise humanitária severa com uma das mais elevadas taxas de deslocados alguma vez registada. De acordo com a UNHCR (United Nations High Commisioner for Refugees), recentemente, 65.3 milhões de pessoas foram forçadas a abandonar os seus lares para escapar a guerras, fome e perseguição. Quase 21.3 milhões são refugiados, sendo mais de metade menores de 18 anos.

 

Assistimos quase diariamente e ações de ódio e terrorismo entre seres humanos, o que está a aumentar o fosso entre países e nacionalidades.

 

Para conseguir fazer mudanças a longo prazo será necessário trabalhar estes problemas desde tenra idade, sendo as escolas o local mais indicado para o fazer.

 

De forma a respeitar a dignidade humana, esta parceria irá trabalhar valores como Democracia, Tolerância, Inclusão, Justiça, Solidariedade e Igualdade, com crianças e jovens desde a educação pré-escolar até ao ensino secundário, incluindo alunos do ensino profissional. O envolvimento de países de vários extremos da Europa e a inclusão de uma ilha do Oceano Índico será a melhor forma de promover a compreensão de diferentes culturas e tradições, e assim, a aceitação do que é diferente. Com o envolvimento de professores, alunos e famílias de países tão diferentes, estaremos a construir pontes de compreensão e Paz que irão alcançar várias partes do mundo.

 

OBJETIVOS

 Os objetivos gerais do projeto prendem-se com três grandes áreas:

 

  1. Multiculturalismo

    - Promover a compreensão e aceitação de diferentes culturas e tradições

  2. Multilinguismo

    -Melhorar as competências em Inglês língua estrangeira através do ensino bilingue e da metodologia CLIL

    -Promover o multilinguismo e a divulgação de línguas estrangeiras menos faladas

  3.  Novas Tecnologias

    -Desenvolver competências em CS (Computer Sciences)

Objetivos específicos:

 -desenvolver projetos cooperativos relacionados com diversos aspetos culturais dos países parceiros

 -desenvolver um trabalho cooperativo entre diferentes disciplinas, envolvendo professores e alunos de diferentes níveis de ensino

 -promover a colaboração entre alunos do ensino regular e ensino profissional

 -utilizar o Inglês como língua de trabalho, desenvolvendo as capacidades linguísticas de professores e alunos

 -desenvolver o pensamento lógico, criatividade, responsabilidade, trabalho colaborativo, autonomia e auto-confiança em crianças e alunos desde a educação pré-escolar ao ensino secundário através da utilização de diferentes ferramentas de programação

 -promover o sucesso escolar e prevenir o abandono escolar precoce.

 

METODOLOGIA DE TRABALHO

 Alunos de diferentes ciclos e disciplinas irão trabalhar em vários tópicos relacionados com as culturas e tradições dos países parceiros. As atividades serão desenvolvidas nas suas escolas e a comunicação será efetuada via Internet por meio de videoconferência e várias plataformas online.

 

A cruzamento de diferentes metodologias de trabalho, assim como o CLIL (Content and Language Integrated Learning) o CALL (Computer Assisted Language Learning) e CS (Computer Sciences) será essencial para alcançar os objetivos propostos neste projeto.

 

Através da Ciências de Computação, as competências a desenvolver nas crianças e nos alunos não são, como até então com as TIC, na ótica do utilizador. Agora impõe-se o saber fazer.

 

Os alunos aprendem fazendo, em equipa, utilizando a sua criatividade, pensamento crítico e responsabilidade, desenvolvendo assim, as suas competências cívicas e sociais.

 

A interação com as tecnologias deve, portanto, também ser considerada como uma atividade que permita o desenvolvimento do pensamento computacional/pessoal, através da possibilidade de resolução de problemas do mundo real de forma criativa, não se centrando apenas na codificação de software, mas principalmente noutras etapas como na conceção, planificação e implementação. Mais importante do que identificar o grau de complexidade de um problema é saber pensar numa solução. É assim que o pensamento computacional pode ser utilizado para resolver muitas situações, incluindo questões relevantes do nosso dia-a-dia.

 

Esta forma inovadora de utilizar as tecnologias nas escolas irá fomentar a aquisição de competências-chave nas crianças e jovens, fazendo deles cidadãos ativos, responsáveis e empreendedores.

 

O recurso ao Inglês (através do ensino bilingue/CLIL) para o desenvolvimento das atividades do projeto desde a educação pré-escolar é a melhor forma de promover a aprendizagem de uma língua estrangeira de forma inata. A aquisição da linguagem será mais eficaz e irá levar as crianças a compreender e respeitar os outros desde tenra idade, desta forma, abrindo-lhe os seus horizontes culturais.

 

Os alunos irão, ainda, trabalhar em equipas multiculturais nos quatro intercâmbios internacionais de alunos previstos ao longo do projeto. Nestes encontros os alunos irão trabalhar cooperativamente na preparação ou conclusão de alguns dos produtos finais previstos.

 

PRODUTOS

 Mascote

Jogos interativos (Scratch)

Jogo de tabuleiro

Quiz digital (Kahoot)

Livro de Histórias

Brochura multicultural

Vídeos

Apps para smartphones com mapas interativos

Portfólio multilingue

Dramatização teatral

 

IMPACTO

Um máximo impacto irá ser garantido com a grande variedade de alunos, professores, disciplinas, níveis e ciclos de ensino, metodologias e países envolvidos nesta parceria.

 

A interação entre uma profunda consciência cultural e a aplicação de métodos de ensino inovadores irá fomentar nos alunos um maior interesse pela escola, promovendo assim, o sucesso escolar. Será reduzido o abandono escolar precoce, promovendo o acesso ao ensino superior. Os alunos envolvidos neste projeto estarão, certamente, melhor preparados para o mercado de trabalho global como verdadeiros cidadãos europeus.

 

 

BENEFÍCIOS A LONGO PRAZO

 Todos os produtos criados pelos alunos serão utilizados por muitas crianças e jovens que venham a frequentar todas as escolas parceiras nos anos que se seguem. Os livros de histórias serão oferecidos às bibliotecas escolares, assim como às bibliotecas municipais nos diversos países. Alguns produtos digitais serão alvo de atualizações por parte dos alunos das escolas parceiras.

 

O desenrolar e os resultados do projeto serão publicados no Twinspace na plataforma eTwinning, assim como na plataforma de disseminação Erasmus+, estando acessível não só a todas as escolas parceiras, mas a qualquer instituição interessada em promover o seu sucesso.

 

Laura Silva Maria

 

Coordenadora da equipa do projeto